Somos apenas seres físicos?

Aqui está algo que eu descobri:

Na presença de um mestre de qigong ou taiji, um leigo pode sentir sensações incomuns, muitas vezes desconfortáveis ​​em seu corpo. Alguns podem sentir tonturas ou desenvolver dores de estômago. No entanto, outros podem sentir o calor se formando dentro deles. Conheço vários mestres de qi-gong, por isso estou familiarizado com essas sensações. Como pode alguém sem sequer te tocar, causar tanta sensação física no outro? Será que, de alguma forma, esses especialistas em qi-gong têm ao seu redor um campo de energia formidável, mas invisível?

Então, somos apenas um corpo? Os ensinamentos metafísicos e esotéricos tendem a pensar o contrário. Eu também. Nós definitivamente somos mais do que um corpo físico.

A construção de um Ser (Humano) consistia em mais do que o mero corpo físico. Embora não seja completa, a anatomia consiste em Corpos Sutis e Chakras.

Corpos sutis

Os corpos sutis são veículos de energia que se sobrepõem ao físico. Os corpos de energia estão associados às várias dimensões vibracionais. Assim como as dimensões, os corpos se interpenetram e se empilham cada vez mais alto em vibração. Parece que para cada faixa vibracional correspondente (dimensão e subdimensão) existe um corpo associado.

Do meu entendimento, os corpos sutis ou veículos cognitivos interpretam a intenção/informação/impulso de sua Fonte. A fonte é pura consciência e, ao descer em vários veículos, seus reflexos se tornam nossa personalidade.

Consciência pura >>> sensação/sensação (pensamento sem definição) >>> pensamento mental (imagens, linguagem) e/ou emoções (felicidade, raiva, medo, etc).

A maioria dos seres humanos está ciente principalmente de seus pensamentos e emoções mentais, que formam sua personalidade. No entanto, como você pode ver, a verdadeira identidade de um Ser é mais do que isso. Uma pessoa que é sensível ao estágio de cognição 'sensação/sentimento (pensamento sem definição) pode ser descrita como intuitiva.

Chacras

De acordo com a filosofia tântrica e o Yoga, os chakras são vórtices de energia ou rodas de canais nos corpos de energia. São centros de energia que processam as energias da força vital. Ao contrário da crença popular, eles não se restringem aos ensinamentos dos iogues budistas e hindus. Os xamãs da América do Sul também os conheciam. A tradição taoísta também tem um sistema de pontos de energia ao longo do Canal Central do corpo que quase corresponde à localização dos chakras.

Cada chakra governa uma área específica de articulação e expressão. Os chakras podem estar subativos, excessivamente ativos ou em equilíbrio. Quando em equilíbrio e funcionando corretamente, eles permitem que a pessoa tenha uma autoexpressão saudável. Chakra também nutre os órgãos físicos circundantes, fornecendo energia. Assim, um chakra funcionando corretamente, denota bem-estar físico e psicológico nas áreas associadas.

O sistema de energia humano não é feito apenas de chakras e corpos sutis. Prana ou chi, que é a força vital universal, permeia os campos de energia. Foi dito que os meridianos e/ou nadis carregam esses chi ou prana por todo o campo de energia.

Minha conclusão é que certamente somos mais vastos do que pensamos que somos.